Iluminação minimalista: conheça o estilo e aplique em casa

Funcionalidade, modernidade e praticidade: essas são as principais características de uma decoração minimalista, estilo o qual adota a ideia de eliminar excessos de informações no ambiente e promover um visual sofisticado, perene e contemporâneo.

Essa tendência preza pelo design clean, cores neutras e sutis. A ideia do “menos é mais” também se aplica no estilo de iluminação minimalista, que são aplicadas em menor quantidade em abajures, pendentes e lâmpadas, onde a estética deve se adequar à utilidade.

Se você deseja aplicar esse estilo aos ambientes da sua casa, é só continuar aqui com a gente. Hoje falaremos mais sobre a iluminação minimalista, como adicioná-la e modelos para facilitar o seu projeto luminotécnico. Vamos lá?

O que é uma iluminação minimalista?

A iluminação minimalista visa atender o estilo que aprecia o simples, o moderno e a delicadeza dos detalhes. Por mais minuciosos que sejam, são essenciais para o resultado final. É um estilo inteiramente ligado a aparência e ao estético, essa iluminação envolve formas geométricas, com designs tecnológicos e simples.

Qual tipo de iluminação usar?

Para criar uma iluminação minimalista, o ideal é utilizar luzes indiretas por meio de forros com sancas e plafons. Também é possível optar por abajures de mesa ou piso, sem esquecer do estilo básico clean.

Vale lembrar que para criar um projeto luminotécnico seguindo a decoração minimalista, deve considerar que tudo deve se manter proporcional, com simetria e equilibrado em relação a luminárias, quantidade de móveis, tapetes, almofadas, etc.

Imagem de um ambiente interno com abajur de chão

A arquitetura com esse estilo emprega designs mais simples e com formas retas. Aqui o uso de abajures com acabamento em cobre ou em madeira é sempre bem-vindo.

Para facilitar ainda mais esse momento de escolha, conheça os tipos de iluminação para cada ambiente e crie um projeto luminotécnico assertivo e elegante. Não perca!

Como aplicar uma iluminação minimalista na decoração?

Nem sempre uma mudança na decoração significa obras ou reformas, uma transformação pode acontecer através de simples alterações em objetos e na iluminação. Para comprovar esse conceito, selecionamos dicas essenciais para você que deseja adicionar a iluminação minimalista aos ambientes do seu lar. Veja:

1- Determine o ambiente

Cada ambiente da sua casa necessita de utilidade e propostas diferentes, por isso, é importante observar qual o efeito que deseja aplicar no local. Por exemplo, em salas e quartos, ambientes que necessitam de luzes que remetem bem-estar, é utilizado uma iluminação indireta com uma tonalidade mais quente.

Já os escritórios e quartos para estudos, carece de uma iluminação com tons frios, que estimulam a concentração e o foco.

Quarto com projeto de iluminação

2- Misture luz artificial e natural

A integração entre as luzes artificiais com as naturais, proporcionam maior funcionalidade para o ambiente. Afinal, as luzes naturais contribuem para estética simples do local, dessa forma, a mistura entre os dois tipos garantem uma decoração clean, que é a principal característica do estilo minimalista.

Imagem de um ambiente interno com luz artificial e natural

3- Decore com ousadia

Apesar de estarmos falando sobre o minimalismo, podemos deixar o básico um pouco de lado. Esse estilo, nos permite usar e abusar de luminárias que vão do clássico ao moderno, considerando itens marcantes, solenes em meio à um lugar discreto e neutro.

Imagem de um quarto de casal decorado com sanca

4- Destaque elementos e detalhes

A melhor forma de unir o minimalismo a sua iluminação, é dando ênfase aos elementos importantes da decoração, como quadros. Com a aplicação de spots é descomplicado fazer um direcionamento para dar destaque a esses objetos, além de oferecer mais elegância ao espaço.

Imagem de um ambiente interno decorado com itens de iluminação

5- Adicione fitas LED e pendentes

Esses itens são essenciais para uma iluminação minimalista, as fitas de LED conseguem realçar detalhes e elementos da arquitetura, transmitindo uma luz indireta, discreta e leve. Já os pendentes, por exemplo, apresentam uma super versatilidade, dessa forma, são adequados a diferentes locais, promovendo mais sofisticação, sem deixar de lado o discreto.

Cozinha decorada com fitas de LED e pendentes

Tipos de luminárias minimalistas

Agora que você já sabe como aplicar uma iluminação minimalista nos ambientes da sua casa, que tal conhecer 3 modelos de luminárias que unem esse estilo a funcionalidade? Confira a seleção que preparamos para você!

1- Pendentes

Os pendentes de vidro são opções que de adequam a diversos ambientes, eles esbanjam sofisticação e elegância. pode optar por modelos em formatos tubulares, todas essas opções estão disponíveis na seção de iluminação do site Decor Lumen!

Cozinha decorada com pendentes

2- Abajures

Os abajures com acabamentos em metais são clássicos de decorações que seguem o estilo minimalista. São modelos que oferecem uma iluminação direta e suave, perfeitos para hall de entrada, quartos e salas.

Ambiente decorado com abajur na cor branca

3- Plafons

Os plafons em modelos de sobrepor ou de embutir oferecem uma iluminação direta e indireta. Além disso, são alternativas para criar ambientes mais limpos, contribuindo para uma estética mais discreta.

Ambiente interno decorado com plafons

E aí, gostou do post? Se nossas dicas te ajudaram a compreender melhor sobre a iluminação minimalista e como aplicá-la, conte aqui para gente. Conheça também o estilo de iluminação industrial e, quem sabe, não uni-lo a decoração minimalista? Aproveite!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.