Como ter uma boa iluminação na cozinha da sua casa

Quando falamos em projeto de iluminação residencial, automaticamente nos vêm à cabeça a iluminação na cozinha, visto que é um dos principais cômodos da casa. Para que o projeto corra bem, é necessário seguir um passo a passo simples, porém importante, que faz toda diferença no resultado final.

Neste post, trouxemos algumas dicas essenciais para te ajudar na hora de iluminar e decorar seu cômodo da melhor forma. Como bem sabemos, esses dois aspectos – iluminação e decoração – estão estritamente relacionados, pois é a partir da união deles que o aspecto visual do espaço se compõe.

cozinha exemplo de iluminacao planejada

Portanto, se quiser aprender como escolher as luzes da sua cozinha da melhor maneira, acompanhe a leitura e fique por dentro do assunto!

O que considerar antes de criar o projeto de iluminação da cozinha

Qualquer projeto deve ter como base alguns aspectos importantíssimos. Eles são:

1. A temperatura de cor: cada ambiente fica mais bem composto com um determinado tipo de temperatura de cor. Entender se a iluminação fica melhor em tom frio ou quente é essencial.

2. Iluminação no plano horizontal: verifique a iluminação nas mesas, pia, balcão, pisos, enfim, tudo que estiver no plano horizontal da cozinha.

3. Iluminação no plano vertical: além disso, verifique as portas, paredes e tudo que estiver no plano vertical.

4. Iluminação de destaque: este é outro ponto essencial antes de montar o projeto.

E são, basicamente, esses pontos que vamos tratar por aqui. Acompanhe a leitura e saiba mais.

Como iluminar a cozinha da melhor forma

luminarias do tipo pendente para cozinha

 

Antes de escolher como deve ser a iluminação da cozinha, precisamos entender que este se trata de um local de trabalho. É na cozinha que mexemos com fogo, faca e outros instrumentos perigosos.

Por conta disso, um nível de luminância no plano horizontal é fundamental, pois é nas superfícies como mesa e pia que trabalharemos com cortes e outras atividades que exigem atenção minuciosa.

Em uma cozinha comercial, as normas da ABNT determinam um índice de luminância de 500 lux. Já para a cozinha residencial, é recomendado um nível de pelo menos 300 lux no plano horizontal.

Temperatura de cor

luz para cozinha tipo pendente ideal para temperatura quente

Como dissemos anteriormente, cada tipo de ambiente atende melhor à temperatura de cor fria ou quente. As luzes frias dão uma sensação maior de claridade, limpeza e amplitude, enquanto as luzes quentes proporcionam um efeito mais aconchegante e tranquilo, porém o nível de claridade é menor.

Como a cozinha é um ambiente relativamente quente, devido ao uso do forno e fogão, o ideal é darmos preferência a lâmpadas com temperatura de cor acima de 4000 K, ou seja, aquelas de cor fria, que dão a sensação de frescor e limpeza – além de clarear melhor.

temperatura cor fria e iluminacao de cozinha

A sugestão é que se utilize, nesse ambiente, lâmpadas LED ou fluorescentes, que são mais econômicas e eficientes.

Iluminação no plano horizontal

iluminacao horizontal para cozinha

Uma observação bastante relevante é o tipo de luminária que você vai colocar. Algumas pessoas optam por luminárias no estilo sanca, devido à sua estética diferenciada. No entanto, ela é inadequada por dois motivos: é pouco eficiente e, além disso, acumula gordura e outras sujeiras em sua abertura.

O mais adequado é optar por uma luminária fechada com acrílico ou vidro, que é fácil de limpar. Luminárias de embutir ou luminárias de sobrepor são opções que trazem bastante resultado.

Se a cozinha tiver uma mesa ou balcão para fazer as refeições, você ainda pode adicionar pendentes para agregar mais charme e beleza à decoração.

Iluminação no plano vertical

Normalmente, a cuba da pia, utilizada para higienização da louça, fica localizada encostada em alguma parede. Como consequência, você acaba projetando a sua sombra nela, uma vez que você fica entre a lâmpada e a pia na hora da utilização.

Uma sugestão é adicionar uma pequena luminária em cima da cuba para garantir a luminosidade necessária, ou, então, uma fita de led. Assim, você ilumina o plano vertical ao mesmo tempo em que complementa a decoração com mais funcionalidade.

Iluminação de destaque

Para quem tem quadros decorativos, vasos verticais ou outros elementos na parede e deseja destacá-los por meio da iluminação, é possível optar pela luz de destaque. Ela complementa a iluminação do cômodo de uma maneira única, diferenciada, e uma ideia para isso é utilizar lâmpadas refletoras.

Mas lembre-se de utilizar sempre a mesma temperatura de cor nos circuitos.

Cuidados essenciais na iluminação da cozinha

iluminacao de cozinha

Ao seguir essas dicas, é fundamental tomar alguns cuidados. Uma observação conveniente é que você faça o cálculo para saber a quantidade de luminárias necessárias para uma claridade efetiva. Fazendo isso, não há risco de ficar com itens demais ou de menos.

luz natural e destaque

Outro cuidado é com a luz natural. Ela precisa ser considerada antes de fazer os cálculos. Aliás, é só depois de aproveitar a iluminação natural que devemos pensar na artificial.

Se for usar pendentes, lembre-se de respeitar o espaço entre o móvel e o objeto. Deixe de 0.9 a 1 metro entre a mesa e o pendente, garantindo que ele não atrapalhe a visão na mesa.

Luminárias para cozinha na Decor Lumen

Na loja virtual Decor Lumen, encontramos as melhores opções de itens para iluminação na sua cozinha. Confira nosso site, temos diversas opções de pendentes, placas de LED, fitas de LED e muito mais – sem contar a infinidade de lâmpadas.

Confira!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.