Como fazer um canto de estudos? Veja as dicas

Como fazer um canto de estudo? Confira o que não pode faltar!

Quando o assunto é estudar, entender como montar um canto de estudos é essencial para que bons resultados sejam alcançados. Dentre os seus muitos benefícios, ele proporciona concentrar informações e materiais em um só local, além de dedicar um espaço adequado da casa apenas para esse propósito.

Aqui, é importante evitar que ele esteja próximo de televisões, sofá, cozinha e locais com baixa iluminação e níveis altos de ruídos e barulhos. Até mesmo o posicionamento e cor da iluminação podem afetar a sua produtividade.

Vamos entender quais os itens que não podem faltar para deixar este local mais apropriado para você arrasar nos estudos? Seguimos!

O que é necessário?

A maneira como montamos o nosso canto de estudos pode até não ser determinante para os resultados, mas ela influencia e muito nos frutos que iremos colher. Por isso, acompanhe conosco o que não pode faltar no seu cantinho:

Definição do local

Imagem de uma mesa de estudos com um computador e um notebook

Antes de iniciar com a escolha dos móveis e da decoração, o mais importante de tudo é determinar onde será o espaço a ser utilizado para estudar.

Conforme já mencionamos, é muito importante que ele seja bem iluminado e composto por itens realmente adequados e que favoreçam a concentração.

Cadeira

Imagem em destaque de uma cadeira no ambiente de estudos

A cadeira é um dos primeiros aspectos que devemos observar, além, é claro, da mesa. Isso porque é importante tentar unir conforto com ergonomia. É essencial que a lombar esteja devidamente apoiada para que não resulte em dores posteriores e mau jeito.

Além disso, quando nos sentamos, nossas pernas não podem ficar suspensas. O ideal é que os pés estejam tocando o chão.

No que diz respeito à altura, nossa postura deve estar de modo a facilitar que os cotovelos estejam posicionados de acordo com a altura da mesa, evitando a curvatura das costas.

Como escolher a mesa para o cantinho de estudos?

Imagem de um canto de estudos

Pode ser tanto uma mesa, quanto uma escrivaninha ou bancada. O importante é que seja uma superfície com tamanho suficiente para que comporte itens como cadernos e livros, ou até mesmo o computador ou notebook.

A dica é nunca utilizar a mesa da sala ou sua cama para este intuito, pois você correrá um grande risco de se distrair diversas vezes e desenvolver problemas ou dores relacionadas à má postura. É recomendável que ela disponha de 50 cm de profundidade, além de 1,20m em largura, possibilitando que, ao se sentar, a cadeira esteja sempre bem encaixada.

Dê preferência as mesas que já estão embutidas em armários, para concentrar todo o material a ser utilizado próximo de você, em nichos ou prateleiras do móvel. Além disso, procure posicioná-la perto de uma janela, de forma a melhorar o nível de iluminação sobre a superfície.

Se houver gavetas disponíveis, aproveite para guardar o máximo de materiais dentro delas, evitando sujeiras e poeiras. Ah! E não se esqueça de realizar a limpeza e organização adequadas da mesa após o tempo de estudos. Um ambiente desarrumado é desanimador, não é mesmo?

Escolhendo a melhor iluminação

Imagem de uma mulher estudando em um ambiente bem iluminado

Por falar em iluminação, este é um dos pontos principais para você observar, porque pode resultar em problemas na visão. Ao forçar a vista, você pode sentir dores de cabeça e maior desconforto visual.

Para evitar, basta acrescentar uma boa luminária de mesa com iluminação branca e em posição oposta à que você estará escrevendo, evitando as sombras sobre os livros e cadernos.

Agora que já conferimos os principais itens que não podem faltar no cantinho de estudos, vamos à parte decorativa, para proporcionar aquele toque a mais que te inspire.

Como decorar? Confira algumas dicas

Imagem de um homem sentado em uma cadeira conversando no celular

Depois de escolhidos todos os itens essenciais para tornar o cantinho de estudos real, que tal escolher alguns objetos e cores que vão fazer com que você se sinta melhor e mais concentrado?

Aqui, não é preciso dispor de muito dinheiro: o mais importante mesmo é escolher uma coloração bacana e unir com alguns itens que façam sentido à sua personalidade. Para isso, você pode dispor, por exemplo, da adesivagem daquela parede em específico, personalizando conforme o seu gosto mesmo, seja com personagens ou com desenhos que sejam os seus favoritos.

Geralmente, as cores azuis e tonalidades de verde são mais confortáveis para a proporcionam um bem-estar ao nosso cérebro, além de favorecerem maior concentração, silêncio e redução do estresse. Essas cores são consideradas terapêuticas, conforme podemos notar nesta dissertação de mestrado sobre as cores e produtividade, focando no ambiente corporativo, mas que também podemos trazer para a nossa casa.

Se você achar adequado, pode também investir em um mural para fazer suas anotações, ou em quadros de lembretes. No entanto, é bom cuidar para que não haja excesso de informações, resultando em dispersão e confusão.

Outra dica bem legal é concentrar um pote decorado com o seu gosto para guardar canetas, lápis, tesouras, marca-textos e demais itens que você pode precisar para estudar. Procure deixar tudo próximo para não precisar realizar pausas procurando algo em específico.

Seria adequado complementar com um calendário? Ajudaria em questões relacionadas a prazos e lembretes? Se a resposta for positiva, a dica é optar por produtos com imãs e monocromáticas, pois também evitam a distração.

E você, já montou o seu cantinho de estudos? Quais destes itens ainda estão faltando para dar aquele toque a mais ao ambiente?

Já que ressaltamos a importância da iluminação, que tal dar uma olhada em alguns artigos para iluminação e se inspirar em objetos inovadores como LEDs e trilhos para deixar o seu cantinho todo iluminado e estiloso?

Aguardamos você no próximo post!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.