Tipos de abajur: qual a melhor opção para seu ambiente?

Item muito tradicional no décor de ambientes internos, um abajur pode mudar totalmente o tom de sua decoração. Minimalista e moderno, retrô e cheio de personalidade ou industrial e arrojado: no mercado há modelos em diversos estilos e com funcionalidades especiais, pensadas para cada ambiente e intenção.

De origem francesa, a palavra abajur vem da expressão abat-jour que, em tradução literal, significa abaixar ou quebrar a luz. O objeto foi criado no século XVI com a função de fornecer iluminação indireta e confortável, impedindo que os olhos tenham contato imediato com a lâmpada.

abajur na sala

Tradicionalmente posicionado ao lado de camas, sofás e escrivaninhas, a luz suave do abajur provê ao espaço um clima calmo e aconchegante, muito necessário para fazer de sua casa, um lar.

Acompanhe as dicas que preparamos para te ajudar na escolha da peça de iluminação certa para cada situação!

Abajur ideal: como escolher?

abajur base de vidro

Para escolher o abajur com estilo e características ideais ao seu ambiente, alguns fatores devem ser considerados. Siga os passos e faça a composição perfeita:

Defina a função

Primeiro, tenha clara a função que a peça exercerá. Uma lâmpada de leitura deve oferecer iluminação abundante, sem que seja excessivamente forte – e para isso o abajur é a pedida certa, pois ilumina de forma indireta.

  • Abajures de mesa com cúpula cônica, translúcida e com algum nível de opacidade são opções interessantes: iluminam de maneira difusa e suave, ao mesmo tempo que oferecem clareza para a leitura.
  • Sua lâmpada ficará em seu quarto, ao lado da cama? Os abajures de cabeceira devem oferecer iluminação muito branda e calmante, de tonalidade quente, para provocar um efeito aconchegante.
  • Para as crianças, as luminárias noturnas brilham suavemente no ambiente escuro do quarto, proporcionando conforto e distração aos pequenos.
  • Os abajures de chão – ou em coluna – são os mais recomendados para ambientes coletivos amplos. Imponentes. Fornecem iluminação complementar em salas e lobbies. Em qualquer uma dessas situações, evite lâmpadas incandescentes, que são pouco econômicas e esquentam o ambiente.

Entenda o estilo

Definida a função pretendida, leia com clareza as informações estéticas transmitidas pela decoração do cômodo que deseja iluminar: seu ambiente é clássico, requintado, de influências vitorianas? É moderno, de tonalidades noir e muito minimalista? Bem humorado e de raízes pop art? Rústico ou industrial?

Se está encontrando dificuldades em definir o estilo exato de sua decoração, observe com cuidado as cores, formas e materiais empregados. Assim, poderá procurar por essas características em sua peça de iluminação.

O estilo de seu abajur deve conversar com o clima de seu espaço. Os materiais e o design que compõem a peça são os definidores desse aspecto. A seguir, leia sobre as características de alguns estilos de abajur:

  • Rústicos

abajur oval

De estética leve e descontraída, peças rústicas caracterizam-se pela utilização de materiais naturais, tons terrosos e formas simples.

As fibras naturais são as grandes estrelas do estilo. Se seu cômodo se comunica com a estética rústica, opte por cúpulas em tons cru ou colunas revestidas em palha. Peças em madeira de demolição e patch work também são boas pedidas

  • Minimalistas

abajur total preto

Mais moderno impossível, um abajur minimalista compõe bem em quase todos os ambientes, dos que já seguem a estética limpa aos cômodos mais cheios de informação, que pedem uma peça discreta.

Metal e vidro são os materiais mais utilizados. O branco e o preto marcam presença na paleta minimalista, que reserva ênfase às linhas arrojadas e ágeis do design. Formas geométricas são muito usadas, compondo peças de inspiração futurista.

  • Infantis e bem humorados

abajur formato de anjinho

Esse estilo é pura diversão! Nos últimos anos, o mercado foi invadido por uma variedade imensa de peças criativas, com influências que vão da pop art à sátira humorística.

Luminárias brincam de imitar outros objetos, como picolés e brinquedos. Podem ganhar pezinhos e mãozinhas, formam palavras ou transformam-se em animais.

São, definitivamente, as opções que mais empolgam as crianças, e compõem muito bem as mesas de estudo ou desenho. Luzes noturnas, muito queridas pelos pequenos, também vêm em formatos engraçados e fofos que ajudam a alegrar o quarto infantil!

  • Clássicos

abajur de bide

A cúpula cônica em tom pastel é o abajur clássico por excelência; é aquele que visualizamos de imediato ao pensar em abajur. Seu espírito é atemporal e sempre será um dos estilos mais visados.

As peças em vidro de influência rococó também são clássicas, apesar de cruzarem com a estética retrô. De maneira geral, abajures clássicos são ideais para os ambientes mais conservadores, iluminando com sobriedade.

  • Peças abstratas

abajur cilindro

Abajures abstratos possuem design ousado, que frequentemente foge de nosso imaginário comum sobre o que é um abajur ou luminária. São elementos intrigantes, que chamam a atenção e geram curiosidade.

Um ambiente muito limpo e simples pode ser valorizado por uma peça statement, de cores vibrantes, proporções grandes e formas nada usuais. Nesses casos, o abajur atuará como item principal da decoração de seu espaço, que ganha uma composição moderna e interessante.

Preparado para iluminar seu cômodo com o estilo e funcionalidades corretos? Continue ligado nos posts novos do blog Decor Lumen. Aqui, você encontra as melhores informações e novidades sobre iluminação e decoração de ambientes.

Teve dúvidas? Interaja com a gente na seção de comentários! Nossa equipe está preparada para te auxiliar. Até a próxima!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.