Incluindo almofadas na decoração de ambientes: dicas DecorLumen

Para quem deseja transformar o visual dos ambientes residenciais e comerciais, os objetos decorativos são uma fonte prática, acessível e muito eficiente de se conseguir os resultados desejados sem a necessidade de realizar uma reforma completa no ambiente.

A decoração com almofadas, por exemplo, adiciona toques de cor, conforto e estilo aos principais centros de convivência desses tipos de ambientes: salas, quartos, halls de entrada, recepções e mais, proporcionando a sensação de aconchego, receptividade e equilíbrio.

No entanto, assim como as outras formas de decoração, o uso de almofadas como peças decorativas está sujeito a algumas regras básicas, detalhes que devem ser levados em consideração se você procura um ambiente bem-decorado e estiloso.

Aspectos como o tamanho delas, cores, formatos, estampas e outras características estéticas são essenciais para uma composição adequada para o tipo de ambiente e a sensação que se deseja transmitir por meio dele.

Pensando nisso, o blog DecorLumen preparou algumas dicas práticas e eficientes de como incrementar esses objetos na decoração dos espaços e móveis, ampliando as possibilidades de décor, transformação visual e personalização.

Acompanhe a leitura e saiba tudo sobre o assunto:

Decoração com almofadas para ambientes residenciais

 

É nesse tipo de ambiente que as almofadas são mais utilizadas como recursos decorativos, o que resulta em um grande número de opções para harmonizar e elevar o nível da decoração de todos os cômodos da casa – desde os tradicionais quartos e salas até os mais incomuns, como jardins de inverno e áreas externas em geral, como a área da churrasqueira.

Para cada um desses ambientes, existe um tipo de combinação que garante o melhor resultado (se seguirmos as regras básicas da decoração), tanto no sentido visual quanto funcional, afinal, se mal utilizadas, as almofadas podem se transformar em um incômodo para os moradores do lar.

Sendo assim, preparamos algumas dicas básicas de como aproveitar ao máximo as almofadas em seu projeto de decoração, veja:

Almofadas para sofá: o clássico dos clássicos

 

Ao pensar em almofadas, o primeiro lugar em que se pensa para acomodá-las é, sem dúvidas, o sofá. E com razão, já que essas peças foram originalmente pensadas como espécies de “travesseiros” decorativos para o móvel.

Aqui, nossa dica é ir de encontro ao seu estilo de decoração pessoal, ou seja, a paleta de cores e a estampagem que mais te agradam. Se você é fã do estilo clássico/tradicional, aposte na tradicional almofada quadrada, pois ela complementa muito bem esse tipo de decoração.

Caso queira trazer toques de modernidade, invista em estampas diferenciadas e cores mais vívidas (fugindo das tradicionais cores neutras), criando, assim, contrastes decorativos que adicionam valor estético na medida certa, sem exageros.

Agora, se você prefere o estilo contemporâneo, recomendamos o investimento em almofadas igualmente contemporâneas, que inovam no formato, nas texturas e nas cores. Almofadas circulares, por exemplo, trazem suavidade às formas retas do sofá, gerando um balanço visual criativo e estiloso.

Em relação às cores, nossa dica é variar na paleta, explorando todos os espectros das cores, desde que elas sejam complementares às cores tanto do sofá quanto do ambiente em geral.

Camas + almofadas: combinação de sucesso!

 

Os travesseiros podem ser os grandes astros quando o assunto são as camas, mas são as almofadas que têm o poder de renovar a decoração do seu quarto de forma prática e muito confortável, uma vez que elas servem não somente como decoração, mas também como objetos funcionais.

Você pode incluir algumas almofadas junto aos travesseiros para criar uma composição que traga mais cor e elementos decorativos aos quartos da sua casa, apostando em cores que harmonizem com as paredes do cômodo e as peças de decoração já inclusas nele.

Se for um quarto de casal, por exemplo, o ideal é criar conjuntos aos pares – não exatamente iguais, mas que demonstrem e transmitam a sensação de quarto compartilhado.

Um quarto utilizado por somente uma pessoa pode mesclar elementos de estilo pessoal e, no caso do quarto de visitas, embora a decoração tenda a ser mais simples, o toque de vida pode vir por meio de um par de almofadas, por exemplo.

Almofadas para área externa: como combinar?

 

Por fim, na nossa lista de ambientes residenciais que podem ser decorados com almofadas, temos a área externa, que é, por si só, um ambiente de descanso, lazer e que transmite a sensação de calma e tranquilidade.

No caso de apartamentos, existe a limitação de espaço e funcionalidade do ambiente e, por esse motivo, recomendamos que você invista nos outros espaços do imóvel, tais como a sala e o quarto.

Se você possui um jardim, é importante investir tanto na iluminação – sobre você pode conferir no post “Iluminação de jardim, saiba como transformar seu jardim”, aqui mesmo no blog – quanto na decoração e, no caso, incrementá-la com almofadas decorativas.

Tanto os modelos tradicionais quanto os mais modernos são ótimos complementos para bancos e cadeiras de áreas, mas nossa dica é investir nos modelos cilíndricos e alongados, especialmente para bancos que comportam diversas pessoas.

Dessa forma, é possível unificar a decoração do ambiente e, caso queira adicionar toques extras, basta adicionar algumas almofadas coloridas e cheias de personalidade.

O universo da decoração é cheio de possibilidades e, aqui no blog Decorlumen, toda semana você acompanha novos conteúdos sobre temas relacionados a ele e ao universo da iluminação. Que tal, agora, saber mais sobre como montar um projeto luminotécnico adequado ao seu ambiente? Nos vemos no próximo post!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.