Cobogó: onde e como usar no design de interiores

O cobogó se tornou uma referência no mundo do design de interiores e evocou uma estética única, que combina forma e função de maneira excepcional. Originário do Brasil, é um elemento arquitetônico que se destacou por sua capacidade de criar ambientes deslumbrantes enquanto proporciona soluções práticas e funcionais.

Vamos entender o que é cobogó e também exploraremos as diversas vantagens de incorporá-lo em projetos de design de interiores. Assim, vamos revelar como esse elemento pode transformar espaços com criatividade e elegância!

O que é e qual a função do cobogó?

É um elemento arquitetônico vazado, geralmente feito de cerâmica, concreto ou materiais similares, que desempenha um papel fundamental tanto na estética quanto na funcionalidade de espaços construídos.

Sua principal função é criar uma separação entre ambientes, que permite a passagem de luz, ventilação e, até mesmo, a formação de jogos de sombra.

Essa característica o torna uma solução versátil para dividir espaços sem bloquear completamente a visão, ao mesmo tempo, mantém uma sensação de privacidade.

Ele também é apreciado por sua capacidade de adicionar estilo e personalidade aos ambientes, além de reduzir a dependência de iluminação artificial e melhorar a circulação de ar.

Quais são os tipos de cobogó?

Existem vários tipos, cada um com características distintas para atender às diversas demandas no design de interiores e arquitetura.

  • Um exemplo notável é o cobogó de cerâmica, apreciado por sua estética tradicional e pelo toque rústico que adiciona aos ambientes;
  • O de concreto, por sua vez, destaca-se pela sua durabilidade e versatilidade, e é uma escolha popular em projetos modernos e contemporâneos;
  • Além dessas opções, o cobogó de vidro é conhecido por sua capacidade de criar um ambiente contemporâneo e translúcido, que adiciona leveza aos espaços.

Vale destacar que existe uma ampla variedade de padrões geométricos e designs criativos, que oferecem uma gama de escolhas para atender às necessidades estilísticas e funcionais de diferentes projetos arquitetônicos e de design de interiores.

Quais são as vantagens do cobogó?

Os divisórios deste estilo apresentam diversas vantagens em projetos de arquitetura e design de interiores. Abaixo separamos uma lista com as principais vantagens que esse elemento arquitetônico nos oferece:

1. Melhor iluminação

Ele desempenha um papel fundamental na melhoria da iluminação em ambientes internos. Ao permitir a entrada abundante de luz natural, ele reduz significativamente a necessidade de iluminação artificial durante o dia.

Essa economia de energia não apenas beneficia o meio ambiente, mas também cria uma atmosfera mais agradável e saudável nos espaços, com realce as cores e detalhes do ambiente de forma única.

Aproveite para conferir o nosso guia sobre círculo cromático na decoração!

2. Sustentabilidade

Muitos tipos são fabricados com materiais sustentáveis, como cerâmica ou concreto. Além disso, sua capacidade de reduzir a dependência de iluminação e ventilação artificial contribui para a eficiência energética dos edifícios.

Isso não apenas minimiza o impacto ambiental, mas também pode se tornar uma economia considerável de energia a longo prazo.

3. Ambiente arejado

É um aliado valioso na promoção da circulação de ar nos espaços. Esse aspecto é particularmente relevante em climas quentes, onde o ambiente interno pode facilmente se tornar abafado.

A presença do cobogó auxilia na manutenção de ambientes frescos e arejados, além de melhorar o conforto térmico e a qualidade do ar, que criam espaços mais saudáveis e agradáveis para ocupação.

4. Diversidade de materiais e instalações

A diversidade de materiais disponíveis para a fabricação, como cerâmica, concreto, vidro e metal, oferece uma ampla gama de opções estilísticas para diversos projetos. Além disso, sua versatilidade se estende às diferentes maneiras de instalação, desde divisórias de ambientes até detalhes decorativos.

Isso proporciona aos designers e arquitetos a flexibilidade necessária para poderem se adaptar às necessidades específicas de cada projeto, resultando em ambientes únicos e personalizados.

Os cobogós combinam muito com as lâmpadas vintage! Confira o nosso conteúdo exclusivo sobre o modelo.

5. Design criativo

O cobogó é uma tela em branco para a criatividade e permite que designers ou arquitetos explorem padrões e designs criativos.

A técnica acrescenta uma dimensão estética única aos espaços e se torna um componente de destaque que pode integrar personalidade, além do estilo em todos os ambientes, incluindo o cobogó cozinha.

A capacidade de criar composições visualmente impactantes é uma das razões pelas quais ele é tão valorizado no mundo do design de interiores e arquitetura. Assim, permite que você possa projetar e otimizar seus espaços com classe.

6. Privacidade sutil

Uma característica notável dele é sua capacidade de oferecer um nível de privacidade sutil. Embora permita a passagem de luz e ventilação, ele também age como uma barreira visual que separa os espaços sem criar uma divisão rígida.

Isso é particularmente útil em ambientes onde se deseja uma sensação de separação, mas também uma conexão visual suave, proporcionando uma solução elegante para a divisão de espaços.

Quais lugares instalar cobógós?

Eles são elementos arquitetônicos versáteis que podem ser incorporados com sucesso em uma ampla variedade de locais, agregando tanto função quanto estilo a diferentes espaços arquitetônicos.

Entre os lugares mais comuns estão:

  • Paredes externas: eles não apenas desempenham um papel estético significativo, mas também permitem a entrada de luz natural nos ambientes internos.
  • Divisórias de cobogó: criando separações sutis entre áreas sem comprometer a integração visual. Em cozinhas, podem ser utilizados para criar divisões interessantes e funcionais, adicionando um toque de design único ao espaço. Além disso, varandas e pátios se beneficiam da presença dele ao criar uma barreira visual suave que mantém a conexão com o ambiente externo.
  • Escadas e corrimãos: adicionando um elemento estético único à estrutura. Eles desempenham um papel importante em projetos de jardins verticais por fornecer uma estrutura para o crescimento de plantas e contribuindo para uma estética verde e agradável. Aproveite para conferir as dicas para fazer um jardim vertical!

A versatilidade permite que arquitetos e designers de interiores explorem sua criatividade e atendam às necessidades específicas de cada projeto, tornando-os uma escolha valiosa em uma ampla gama de aplicações.

O que combina com cobogó?

Os cobogós podem se integrar harmoniosamente em ambientes modernos, contemporâneos e clássicos ao lado de materiais naturais como madeira e pedra. A escolha de cores neutras proporciona elegância, enquanto o emparelhamento com móveis de design reforça a sofisticação do espaço.

A iluminação é uma aliada importante para realçar os padrões, que criam um toque artístico. Decorações minimalistas valorizam a presença desses elementos arquitetônicos, como principal diferencial é a introdução de plantas suavizam a estética industrial, promovendo uma atmosfera acolhedora.

Em espaços mais audaciosos, cores contrastantes podem gerar um visual vibrante. Oferecem, também, flexibilidade para aprimorar diferentes estilos e elementos decorativos, tornando os ambientes harmoniosos e esteticamente agradáveis.

Já que estamos falando de iluminação, o que acha de aprender como a posição solar pode influenciar esse detalhe na sua residência?!

É possível pintar cobogó?

Sim, é possível pintar os cobogós feitos de cerâmica ou concreto para personalizá-los conforme o esquema de cores e o estilo desejados em projetos de design de interiores ou arquitetura.

  1. Antes de aplicar a pintura, é interessante preparar a superfície com uma limpeza completa e a aplicação de um primer adequado para melhor aderência.
  2. A escolha da tinta apropriada, durável e resistente às intempéries é essencial, bem como considerar o acabamento desejado, seja fosco, acetinado ou brilhante.
  3. Após a preparação, a pintura pode ser realizada conforme o design e a cor desejada, como a possibilidade de aplicação de várias camadas, se necessário.
  4. É importante ficar atento, pois a manutenção regular desempenha um papel muito importante na preservação da aparência da pintura aplicada nesses elementos arquitetônicos. Isso é particularmente relevante em áreas que enfrentam um alto volume de tráfego ou estão sujeitas a condições climáticas adversas.

Além das pinturas, veja também ideias para reformar a sua casa sem obras!

Esperamos que este artigo repleto de dicas tenha sido útil ao considerar como incorporar o cobogó em seus projetos de design de interiores ou arquitetura.

Seja para inspirar suas escolhas de estilo, esclarecer dúvidas sobre a sua aplicação ou orientar decisões estéticas, nosso objetivo é fornecer informações práticas para aprimorar seus espaços com sucesso.

Beatriz Nunes

Sou Beatriz Nunes, designer de interiores, apaixonada desde a infância pelos encantos dos tecidos e cores. Após me formar na Unifaat, mergulhei no mundo da decoração. Descobri que a decoração vai além da estética; é a essência de um ambiente saudável e expressa nossa identidade. Desde 2021, faço parte da equipe Decor Lumen, onde nossa missão é proporcionar o melhor em decoração aos clientes. Minha jornada é dedicada a criar espaços que unem beleza e conforto, transformando sonhos em realidade. Pronto para começar?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.