O guia completo sobre o círculo cromático na decoração!

As cores são capazes de mudar qualquer ambiente. Então, para qualquer projeto, escolher a melhor paleta de cores conforme a vontade e a personalidade do cliente reflete positivamente no resultado.

Mudar as cores do ambiente é tão impactante que é possível reformar a casa sem obras, usando somente tinta.

Para te ajudar, preparamos um guia completo sobre círculo cromático, incluindo um passo a passo para você fazer o seu personalizado! Se deseja saber mais sobre o assunto, continue a leitura.

O que é círculo cromático?

O círculo cromático é uma ferramenta utilizada por profissionais que precisam trabalhar com cores, como designers, arquitetos, pintores e mais.

É composta de 12 cores percebidas pelo olho humano, visando facilitar as combinações delas para ficarem harmônicas entre si. Olhando para o círculo, é possível analisar luminosidade, saturação e composição.

círculo cromático de 12 cores

As 12 cores são divididas em cores primárias, secundárias e terciárias, sendo elas:

  • Cores primárias: conhecidas também como matiz, são as cores puras, sem nenhuma mistura para existir. São as cores amarelo, azul e vermelho;

    círculo cromático cores primarias

  • Cores secundárias: vêm da mistura de 2 cores primárias e resultam nas tonalidades verde, roxo e laranja;

    círculo cromático cores secundárias

  • Cores terciárias: é a mistura de cores primárias com secundárias, como o vermelho arroxeado.

    círculo cromático cores terciárias

A partir dessas 12 cores, outras podem ser criadas. Ainda, é possível unir o branco e o preto para cores mais claras ou mais escuras, misturando ainda mais, conseguimos variar a saturação.

Além das cores, outros detalhes que são importantes na decoração e fazem a diferença são os tipos diferentes de tapete.

Quem criou o círculo cromático?

Muitos círculos já foram criados ao longo da história por diferentes teóricos, porém o mais conhecido foi criado por Isaac Newton, em 1665.

Círculo cromático: para que serve?

Para quem deseja criar um projeto de decoração, sabe o quão importante é escolher a paleta de cores.

Afinal, as tonalidades presentes no cômodo influenciam diretamente a emoção das pessoas, além disso, precisam refletir a personalidade do cliente.

O círculo cromático é a ferramenta perfeita quando se está em dúvida sobre a escolha das cores e as possíveis combinações.

Assim, o profissional responsável consegue escolher as junções para cada ambiente conforme a identidade que deseja expressar.

Leia também: Decoração de parede de sala: 7 ideias para o ambiente

Como usar o círculo cromático?

É fácil utilizar o círculo cromático, por isso, selecionamos possíveis combinações certeiras para te inspirar.

Confira abaixo:

1. Círculo monocromático

O círculo monocromático é a combinação de dois tons ou mais da mesma matiz. Assim, utilizam-se as variações de luminosidade e saturação para criar ambientes interessantes e coesos tom sobre tom.

2. Cores complementares

As cores complementares funcionam bem quando se deseja alcançar um resultado de cores vibrantes e intensas. Basta escolher as cores que estão nos lados opostos no círculo.

Cores complementares em um circulo cromático

Alguns exemplos são as combinações: azul e laranja, vermelho e verde.

Se você é adepto da cor laranja na decoração, veja nossas dicas para aplicá-la!

Apesar de serem combinações certeiras, é importante manter um equilíbrio no ambiente para não causar um estranhamento visual. Uma dica para utilizar é escolher uma cor como predominante e a outra como secundária nos detalhes.

3. Cores análogas

As cores análogas são as que estão dispostas uma ao lado da outra no círculo cromático, criando uma harmonia suave e serena, sendo também possível criar ambientes ousados e vibrantes!

círculo cromático de cores análogas

Ao utilizar as cores análogas em tons quentes, o ambiente reflete em informalidade. Já os tons frios deixam o espaço com aspecto formal. A dica é não utilizar muitas cores juntas, usando no máximo três.

Se você gosta da cor cinza, confira as melhores cores para combinar com ela na parede externa.

4. Cores complementares decompostas

As cores complementares decompostas são também conhecidas como tríade. Cada tríade é formada por 3 cores (uma primária e duas secundárias) que estão igualmente espaçadas no círculo cromático.

círculo cromático de cores complementares decompostas

Com a tríade, é possível criar ambientes de alto contraste que sejam harmônicos. Um bom exemplo de tríade que combina é utilizar as cores vermelho, azul e verde na decoração. Aposte em uma cor como predominante e as outras duas em móveis e objetos.

Saiba mais: 12 dicas de como escolher almofadas para sofá marrom!

O que são as propriedades da cor?

Mesmo escolhendo as tonalidades conforme o círculo cromático, outro aspecto importante a ser decidido são as propriedades como a saturação e o brilho para um resultado equilibrado.

As cores possuem três propriedades, que são:

Matiz

É o primeiro atributo da cor, é a cor pura, sólida, sem mistura de preto ou branco. Matiz é o nome da cor, é a nossa percepção da luz refletida.

Saturação

A saturação da cor é referente à sua pureza, quanto mais pura, mais saturada. O que determina é a quantidade de cinza que se mistura a ela. Dessa forma, quanto menor a saturação, mais próxima do cinza a cor está.

Valor

O valor também é conhecido como brilho ou luminosidade, definindo se a cor é clara ou escura, dependendo da quantidade de luz que percebemos. Além das cores, saiba mais sobre luzes inteligentes e como funcionam.

Uma cor pode ser mais luminosa do que outra ou pode sofrer variação de luminosidade nela mesma, adicionando preto (sombra) ou branco (brilho).

Temperaturas das cores

As cores possuem temperatura e fazem muita diferença! Podem ser quentes ou frias, as definições são subjetivas e dependem das percepções de cada um, mas existem alguns critérios que podem te nortear.

Cores quentes

As cores quentes passam a sensação de calor, estão associadas ao fogo e ao sol. Geralmente, são utilizadas em ambientes que precisam de criatividade, inspiração e movimentação.

círculo cromático de cores quentes

Vermelho e amarelo, normalmente, são predominantes, laranja e magenta também são consideradas quentes.

Além da temperatura das cores, a luz também pode ser quente, fria ou neutra, cada uma possui uma função diferente, saiba qual a melhor para sua residência.

Cores frias

As cores frias criam a sensação de calmaria e frescor e estão associadas ao gelo e à água.

As tonalidades predominantes são azul e verde. Essas cores são aplicadas em ambientes que precisam refletir tranquilidade e bem-estar.

círculo cromático de cores frias

Cor neutra

Além das cores quentes e frias, existe a cor neutra cinza! Ela é muito presente em ambientes minimalistas e facilmente combinada com outras cores.

circulo cromático de cor neutra

Veja também: Dicas de decoração: cores que combinam com dourado.

Faça seu próprio círculo cromático em 5 passos simples

Existem diversos círculos cromáticos na internet para imprimir ou você consegue encontrar para comprar em papelarias especializadas, mas também é possível fazer o seu totalmente personalizado em aquarela!

Confira o passo a passo abaixo:

Antes de tudo, separe os materiais abaixo:

  • 1 folha própria para aquela com gramatura de 300g/m²;
  • 1 godê;
  • 1 pincel;
  • 1 tinta aquarela azul;
  • 1 tinta aquarela amarela;
  • 1 tinta aquarela vermelha;
  • 1 recipiente para água.

1º passo:

Faça o desenho de um círculo e o divida igualmente em 12 partes.

2º passo:

Coloque as tintas no godê. Começando pelas cores primárias azul, amarelo e vermelho.

Comece a pintar o papel, em um espaço, aplique a cor vermelha, pule 3 espaços e pinte de azul, pule mais 3 espaços e pinte de amarelo. De modo que essas 3 cores fiquem complementares decompostas, em tríade.

3º passo:

Depois, comece a misturar os tons para criar as cores secundárias (roxo, laranja e verde). Faça as misturas abaixo e já as pinte no papel.

  • Verde: azul com amarelo;
  • Roxo: azul com vermelho;
  • Laranja: amarelo e vermelho.

4º passo:

Após o passo 3, misture as cores primárias e secundárias para criar as cores terciárias. Elas são a combinação das cores da direita e da esquerda de cada espaço do círculo cromático.

Por exemplo, o amarelo-limão é a mistura do verde com o amarelo, o turquesa é a mistura de azul com o verde.

5º passo:

Se você domina as técnicas de aquarela, pode criar as variações de tonalidade com o uso da água para diluir a tinta e fazer um degradê em cada círculo monocromático da tonalidade mais clara para a mais escura.

Agora que você aprendeu tudo sobre círculo cromático, continue no site e veja o novo conceito de apartamento garden: o que é, vantagens + ideias de decor!

Decor Lumen

Desde 1995, a Decor Lumen tem sido referência em iluminação e decoração, proporcionando uma jornada única ao transformar sonhos em realidade com projetos que refletem cuidado e expertise.

Trabalhamos com produtos de alto padrão e enviamos para todo o Brasil. Além disso compartilhamos conhecimento valiosos com conteúdos assinados por profissionais renomados em arquitetura e design de interiores.

Ao longo de mais de 25 anos, nos consolidamos como uma fonte confiável e experiente.

Confie na Decor Lumen para guiar suas escolhas e transformar seus espaços, tornando cada ambiente especial e apaixonante.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.