5 dicas de iluminação residencial que você pode usar

Saiba como escolher uma iluminação residencial: 5 dicas essenciais!

Uma iluminação adequada é capaz de transformar por completo sua casa. Afinal, esse é um fator primordial para a composição de ambientes harmônicos, além de gerar uma estética mais aprimorada.

As luzes não proporcionam apenas um visual bonito, mas podem ser capazes também de estimular a concentração e a produtividade. No entanto, quando não aplicadas corretamente, influenciam negativamente em vários aspectos do dia a dia, como no aumento do stress.

Por isso, na hora de criar um projeto de iluminação para espaços habitacionais, é fundamental escolher luminárias que estabeleçam atmosferas cênicas, que criam um conforto visual maior. Além disso, com uma aplicação harmônica, é possível valorizar cada detalhe dos mobiliários, dos revestimentos e até dos acabamentos.

Para te ajudar a garantir tudo isso, preparamos algumas dicas para saber escolher as luzes adequadas para cada espaço. Conheça os tipos de iluminação para adicionar aos ambientes da sua casa. Confira!

Iluminação residencial: o que precisa você precisa saber

Diga-se de passagem que cada construção e reforma tem suas particularidades. Por isso, existem aspectos que não podem deixar de ser levado em consideração na hora de pensar na iluminação. Por exemplo, há estudos específicos sobre o tema que apresentam a melhor forma de fazer a implementação e utilização de luzes artificiais, tanto em ambientes internos quanto externos. Esse tipo de estudo é conhecido como iluminância de interiores. Os métodos que são aplicados nessa técnica são formados por avanços tecnológicos relacionados a iluminação.

Imagem de uma sala de estar com iluminação artificial

Então, antes de iniciar qualquer planejamento luminotécnico, é fundamental entender melhor esse assunto. Se for desenvolvido da maneira correta, sua casa ficará com uma iluminação equilibrada e sem exageros. Outro ponto importante é que a iluminação não se delimita apenas nas lâmpadas. Elas atuam em conjunto com outros objetos como perfis, luzes embutidas em móveis e abajures, todos esses aspectos com um posicionamento adequado. Para facilitar sua vida, trouxemos 5 dicas incríveis!

Veja 5 dicas para escolher a iluminação para sua casa

Em relação às iluminações residenciais, existem várias maneiras de utilizá-las para fazer a otimização dos ambientes e a criação de pontos específicos que auxiliam na valorização desses cômodos. Pensando nisso, selecionamos 5 dicas essenciais para trazer esses efeitos para dentro da sua casa. Confira:

1. Faça a avaliação dos ambientes

Para começar um projeto residencial, é fundamental observar as disposições dos cômodos. Esse parecer é importante para que você entenda as suas necessidades e quais são os tipos de iluminação que serão necessários para cada ambiente.

Imagem de um profissional de reforma avaliando o tamanho de um móvel

Outro ponto relevante, é fazer a classificação do estilo que será aplicado nos ambientes, já que a luminárias dependerão da decoração, para que tudo fique harmônico visualmente.

Por exemplo, o estilo da iluminação para as cozinhas não deve ser o mesmo da sala. Os quartos, por sua vez, merecem luzes equilibradas para não influenciar negativamente no sono. Por fim, as áreas externas requerem uma iluminação mais eficiente.

2. Equilibre as iluminações naturais e artificias

Para fazer a criação daquele espaço aconchegante e bem iluminado, é fundamental buscar harmonia, mas como fazer isso?

Procure fazer uma combinação entre as luminárias artificiais e a iluminação natural. Esse fator é primordial para um casa arejada e acolhedora. Então nada de inserir vários spots em locais que já são claros naturalmente.

Imagem de uma sala de estar iluminada de forma natural e artificial

3. Conheça as luminárias

Com um leque amplo de modelos disponíveis no mercado, fica difícil saber quais são as melhores e as que mais se encaixam na sua residência. Por essa razão, procure conhecer e entender nessa grande variedade, quais são as vantagens de cada uma. Acesse o site da Decor Lumen e veja as opções de produtos para cada ambiente.

Imagem de uma sala de estar com luminárias

Leia também nosso conteúdo sobre qual é a iluminação ideal para cada ambiente e aprenda mais sobre!

4. Combine a iluminação com a decoração

Na hora de escolher suas peças, é essencial que elas façam parte do estilo do local. Para esse momento, pense na decoração desses espaços e veja quais são os detalhes que precisam ser valorizados.

Imagem de uma sala de estar com spot central

Por exemplo, as luzes centrais são utilizadas para tornar os ambientes com uma funcionalidade maior. Já a direta faz a criação de pontos pontuas e específicos, o que pode acrescentar mais originalidade para os cômodos. Analise cada um deles e escolha iluminação que irão agregar!

5. A temperatura das lâmpadas merecem atenção

O último aspecto é se atentar com a temperatura de cada lâmpada. Para uma iluminação residencial com qualidade é essencial escolher as neutras.

As lâmpadas com tonalidades quentes, por sua vez, proporcionam um efeito aconchegante, mas é necessário evitar o excesso. Já aquelas com temperaturas mais frias são mais energizantes e conseguem manter os presentes no ambiente mais ativos.

Confira quais são as temperatura das lâmpadas e quais são as funções especificas de casa uma. Clique aqui e descubra!

Imagem de 3 lâmpadas com variações de temperatura de cor

Agora que você já sabe os aspectos importantes e fundamentais para criar seu projeto de iluminação residencial, é só colocar em prática nossas dicas e criar ambientes incrível e cheios de personalidade.

Não se esqueça de compartilhar esse post com seus amigos nas redes sociais e deixar sua opinião aqui nos comentários. Até a próxima!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.